Portaljipa
  •  
  •  
  •  

Seca compromete navegação e transporte de cargas pelo Rio Madeira

Meteorologia

POR Paulo Portaljipa EM 10/08/2017 ÀS 19:20:48

Seca compromete navegação e transporte de cargas pelo Rio Madeira

Para garantir a segurança do tráfego no Rio Madeira e resguardar vidas, principalmente nesta época de estiagem, quando o nível registrado nesta quinta-feira (10) é de 3,41 metros, a Delegacia Fluvial de Porto Velho, realiza diariamente fiscalizações nas embarcações para verificar se estão obedecendo às normas exigidas pela Marinha do Brasil. A vistoria consiste na verificação da parte documental e estrutural da embarcação.


“Todos os dias, nossa equipe de inspeção naval faz as fiscalizações de rotina pelo rio verificando e as embarcações estão atendendo às exigências de segurança. São verificadas as condições dos motores de geração de energia, equipamentos, coletes, boias, excesso de passageiros e mercadorias, habilitação do comandante e do barco. Então, especialmente nessa época do ano, nós mudamos nossa estratégia de inspeção porque é assim que conseguimos flagrar as irregularidades quando existem”, explicou o delegado fluvial, Alexandre Nascimento.

Sobre as normas de segurança, o delegado recomenda que os próprios passageiros denunciem as irregularidades. “Os passageiros devem ficar atentos e verificar se o barco possui coletes salva-vidas para todos os tripulantes assim que eles entrarem no barco. Também é obrigatório um informativo dizendo quantos passageiros são permitidos no transporte, além do contato da Marinha para qualquer denúncia. Durante nossa fiscalização, se o barco for flagrado carregando passageiros além do limite ou com alguma outra irregularidade, ele vai ser penalizado rigorosamente”, alertou.

Para evitar acidentes fluviais, a Marinha já estuda a possibilidade de suspender as navegações no período da noite, que é quando aumenta o perigo por causa dos bancos de areia que se formam no meio do rio. Por enquanto, apenas em embarcações do tipo comboio estão proibidas de navegar durante a noite.

Transporte de gás

A Fogás Distribuidora informou que, anualmente, a logística de abastecimento do gás de cozinha para Rondônia e Acre é diferente. Entre os meses de agosto e outubro, o transporte do produto envolve um nível de complexidade pelo fato de todos os rios da margem direita do Rio Amazonas (Juruá, Purus, Madeira, e outros) estarem no período da vazante, e isto gera um impacto na logística. 

As restrições são decorrentes da necessidade de se transportar menos carga no trecho Manaus até Porto Velho e também da restrição de navegação noturna, por determinação da Capitania dos Portos. Portanto, as empresas transportam menos produto e também a viagem chega a demorar aproximadamente 48 horas a mais que no período da normalidade de navegabilidade do Rio Madeira. 

A diretoria da empresa acrescenta ainda que, agravado ao cenário de dificuldade de acesso de Porto Velho, que é o pólo de abastecimento de combustíveis do Acre, se tem a situação da vazante acentuada do Rio Abunã. A demora da travessia na localidade tem dificultado expressivamente a logística de abastecimento de combustíveis ao Acre.
 

Seca compromete navegação e transporte de cargas pelo Rio Madeira


 

Fonte - Rondoniagora

 
 
 
 
 
 
Portaljipa © Direitos Reservados - Conheça os nossos Termos de uso
Portaljipa - Seu guia virtual! - 27.316.530/0001-08
  •  
  •  
  • Portaljipa